Como buscar o amor próprio? Dicas para alcançar…

O que é o amor próprio?

O amor-próprio pode ser definido como seu cuidado, amor e admiração por si mesmo. Mas esse sentimento precisa ser real e constantemente estimulado, como em qualquer relacionamento. “Você sabe tudo o que sente pelo seu filho ou mãe?”, Disse Aline Melo, psicóloga do Grupo São Cristóvão Saúde, que está reconquistando o amor por você. É muito comum ver pessoas que têm dificuldade em se amar. As razões para esta situação são muitas, mas os especialistas unanimemente apontam uma delas: a falta de amor familiar na infância. -As pessoas que são amadas e encorajadas ao longo de suas vidas tendem a desenvolver o amor-próprio de uma forma natural. Mas algumas crianças não são fortalecidas ativamente e não podem ouvir “Eu te amo” ou “Você consegue”. Eles cresceram ouvindo críticas, eles poderiam ter feito melhor, eles não são bons o suficiente. Desta forma, é difícil amar a si mesmo

Em excesso, faz mal?

É muito bom ter amor próprio. Mas é preciso saber determinar se sua escolha se baseia no autocuidado ou no egoísmo. O desejo de fazer apenas o que você deseja pode prejudicar seus relacionamentos- seja a família ou o amor. Afinal, quem gosta de estar com alguém que só pensa em si mesmo?
—Muito não é bom.
Quem se valoriza demais vai se destacar de forma negativa, assim como quem se ama demais, muito narcisista. Para tudo, precisamos de um equilíbrio.

Por que é tão difícil desenvolver o amor-próprio?

Uma das tarefas mais difíceis na existência humana é cultivar o amor próprio. Um artigo na revista Psychology Today de 2014 explicou por que algumas pessoas preferem ficar tristes do que buscar a felicidade. Embora tenha sido há seis anos, seu conteúdo ainda é relevante. De acordo com o Dr. David Sack, é possível entrar na infelicidade. A falta de auto-estima, a rigidez dos pais ou traços de traumas, transtornos mentais, padrões de pensamento pessimistas, medo de se conectar e ser amado, insatisfação com a vida, culpa, etc. contribuem para esse vício. Em qualquer caso, o amor próprio está relacionado a todos esses desconfortos emocionais. Se você não ama a si mesmo, como pode ter boa auto-estima, deixar-se levar pelo passado conturbado, viver com facilidade e construir relacionamentos duradouros? A falta de amor próprio levará à crença de que você é indigno. As pessoas estão começando a acreditar que não deveriam ser completamente felizes e aceitar a depressão.

Como ter mais amor-próprio?

Você pode começar a jornada do amor-próprio a qualquer momento. Apenas queira amar a si mesmo e aceitar que esse caminho pode ser longo, geralmente para o resto de sua vida. Se você se criticar, quebrar esse hábito inválido funcionará um pouco, mas não é impossível. As dicas a seguir irão ajudá-lo a iniciar essa jornada, o único destino é a felicidade.

Coloque-se em primeiro lugar

As pessoas que se acostumam a fazer somente o que os outros querem ficam doentes em pouco tempo. A negligência de seus desejos pessoais pode conduzir à depressão, esgotamento mental ou ansiedade. Por não se permitirem desfrutar de pequenos prazeres conforme os seus próprios termos podem viver “de mal com a vida” ou se tornarem apáticas.

As suas necessidades e desejos devem ser prioridades. Aliás, você consegue se lembrar da última vez que se permitiu descansar ou fazer algo somente para benefício próprio? Todas as pessoas precisam ter períodos de relaxamento e de diversão em suas vidas. Eles proporcionam bem-estar e fazem a manutenção da saúde mental.

Além disso, colocar-se em primeiro lugar significa saber o momento certo de dizer “não” para prevenir a sobrecarga de emoções e o cansaço físico, ignorar conselhos que visam controlá-lo em vez de ajudá-lo e correr atrás de seus objetivos, independente se você possui torcida ou não.

Conheça os seus limites

Tornar-se a prioridade número um em sua vida requer descobrir os seus limites para, então, fazer imposições quando necessário. Você pode ser benevolente e ajudar as pessoas, é claro. O problema dessa postura se encontra no excesso de atenção no outro. Quando você passa a se prejudicar em prol de outras pessoas, precisa avaliar os seus limites pessoais.

Estabeleça limites que o ajudem a escolher quais ocasiões são benéficas para você, quais são ligeiramente desgastantes, mas suportáveis, e quais estão fora de cogitação. Em outras palavras, definir limites é o mesmo que ensinar as pessoas como elas devem tratá-lo.

Antes de iniciar esse exercício, no entanto, saiba que os seus limites são diferentes dos de outras pessoas. É devido a essa diferença que às vezes nos incomodamos com alguma situação e um amigo nosso não, mesmo passando pela mesma experiência. Não se pressione para ser igual a terceiros, pois cada um sabe o que é melhor para si.

Perdoe os seus erros

Todos nós erramos, sem exceção. Os erros acontecem porque não somos criaturas perfeitas, capazes de prever o futuro e controlar cada detalhe dos acontecimentos. A aversão a eles, comum nas pessoas perfeccionistas ou que têm medo de conflitos, causa estresse e ansiedade. Nos concentramos para nunca sair da linha e, quando isso acontece, o coração acelera e o estômago se revira. Logo, o nosso carrasco interno aparece, pronto para jogar todos os erros na nossa cara e reforçar a crença de não merecimento. Esse ciclo é propício para o surgimento de transtornos mentais. Compreenda que os erros são benéficos. Eles nos ajudam a modificar comportamentos e a redobrar a atenção para áreas que deixamos passar despercebidas. Ou seja, impulsionam o nosso crescimento pessoal. Perdoe as suas falhas, palavras expressas com agressividade e atitudes inadequadas. Dessa forma, você conseguirá manter a sua atenção no presente. Pedir perdão para alguém ao errar também não é o fim do mundo. A resistência para assumir a responsabilidade pelos erros é culpa do orgulho. Este sentimento nos impede de reatar relacionamentos e desempenhar melhor durante a segunda chance nos dada. Portanto, ignore aquela vozinha em sua cabeça que afirma que não vale a pena pedir perdão.

Encontre um propósito


O que faz o seu coração palpitar? Um propósito de vida tem a capacidade de nos deixar sempre alegres, além de nos motivar a sair da cama todos os dias. Abraçar um propósito, também conhecido como sonho ou aspiração, e correr atrás das etapas para que ele se torne realidade é um sinal de amor-próprio. Afinal, você se permite fazer algo que sempre quis e que injeta motivação e alegria em suas veias. Se você não tem ideia do que poderia ser o seu propósito, não se preocupe. A falta de conhecimento é uma oportunidade para você experimentar diversos pequenos propósitos até encontrar o seu.

Aceite que você é único


Abafe a necessidade de se comparar. A sua história é única e em nada deve se assemelhar a do seu próximo. Você pode chegar a caminhos sem saída e precisar recomeçar mais de uma vez, e isso não faz de você um fracassado. Cada um tem uma história pessoal e uma bagagem própria de experiências de vida. Portanto, aceite que você é especial do jeito que é. Não se cobre para ter uma história semelhante à de uma personalidade de sucesso ou a alguém digno de sua admiração. Caminhe com os seus próprios pés, fazendo uso de suas competências e qualidades.

 

Gostou desse Artigo ?

Quer saber Mais sobre Psicanálise ?

 Já Pensou em fazer o Curso Gratuito de Psicanálise Clínica com Certificado ?

 
Nosso Curso de Psicanálise Gratuito é formado por um Grupo Privado de Psicanalistas e Alunos Voltados para o atendimento GRATUITO de pessoas que Precisam de Ajuda por estarem com Sintomas e Transtornos Emocionais, com Problemas ligados a Depressão, Suicídio, Ansiedade.
Nossa Missão é AJUDAR 100 MIL PESSOAS nós Próximos 365 DIAS, Que estejam passando por VÍCIOS, SOLIDÃO, VONTADE DE SE MATAR, SE VONTADE DE VIVER, entre outras..
 
Queremos te dar Ferramentas para que Você possa MUDAR A VIDA de UMA PESSOA que Sofre com esse tipo de Problemas, Isso tudo de Forma GRATUITA !
 
Cadastre-se e Receba Agora em seu Email nosso
CURSO GRATUITO de PSICANÁLISE
 com CERTIFICADO 

Um comentário

Deixar uma resposta

Fale Conosco
Tire Suas Dúvidas Agora !
Olá, você pode falar com alguém do nosso time e tirar suas Dúvidas agora mesmo !